Como Manter uma ereção forte e duradoura

Na hora do sexo o que mais preocupa os homens é falhar na hora H, mas também muitos se preocupam em não conseguir manter a ereção por muito tempo ou não conseguir deixar o pênis totalmente rígido, se este é seu caso, não se preocupe existem soluções que podem ser aplicadas para você nunca passar por nenhum destes problemas.

Confira agora nossas dicas para alcançar uma ereção forte e duradoura:

Eliminar a gordura: as estatísticas indicam que o excesso de peso está relacionado a dificuldades em manter uma ereção.

Exercícios: Esses exercícios para melhorar a ereção servem para fortalecer o músculo peniano, ou seja, o músculo que ativamos quando queremos interromper o jato ao urinar. Os exercícios de Kegel permitem que você tenha ereções mais fortes e sob controle.

Coma alimentos ricos em L-arginina , como nozes e amêndoas, pois são capazes de ativar a produção de óxido nítrico, uma substância responsável pelo transporte de mais sangue para o pênis.

Não consuma álcool, já que seus efeitos no sistema nervoso são inimigos de ereções duradouras.

Mantenha a ansiedade afastada, porque se você estiver estressado ou com um alto nível de ansiedade, não poderá ter uma boa ereção. .

Eduque-se sobre técnicas adequadas de masturbação: Faça uma massagem nos órgãos genitais diariamente: por um tempo aproximado de 10 minutos, massageie lentamente lentamente o pênis, de cima para baixo, para promover o fluxo sanguíneo.
Faça uma apreciação das sensações: este exercício é que seu parceiro acaricia você lentamente. Nesse momento, você deve prestar atenção às sensações que fluem do seu corpo. Feche os olhos, experimente as sensações que derivam das carícias. Durante o processo, você verá como seus músculos começam a relaxar e, com isso, você pode facilitar uma ereção gradual e persistente.

Utilize um Gel Peniano:  Se você não conhece nenhum, o V8 Big Size funciona e é uma ótima opção!

Por que não consigo manter uma ereção?

A incapacidade de manter uma ereção prolongada pode ser devido a várias razões:

Causas psicológicas de problemas de ereção: problemas e preocupações, como depressão, ansiedade, medo podem afetar nossa capacidade de manter boas ereções.

Maus hábitos: obesidade, tabagismo e consumo excessivo de bebidas alcoólicas têm efeitos negativos nas ereções.

Uso de drogas: alguns medicamentos podem ter problemas de ereção como efeito colateral.

Causas cardiovasculares: pressão arterial e colesterol podem impedir o bombeamento de sangue adequado para o pênis.

Diabetes mellitus: o diabetes multiplica por 3 o risco de sofrer de problemas de ereção.

Distúrbios hormonais: baixos níveis de testosterona estão atrás de 5% dos casos de problemas de ereção.

Causas neurológicas: a cirurgia da área pélvica, como a próstata, o reto ou a bexiga, pode danificar os nervos e os vasos sanguíneos nessa área e prejudicar a conexão entre o sistema nervoso e os tecidos responsáveis ​​pelas ereções.

4 dicas para controlar a ejaculação precoce

Se falamos de ejaculação precoce de maneira técnica, devemos dizer que é uma falta de controle sobre o reflexo ejaculatório e se manifesta com uma repentina expulsão de sêmen que ocorre dentro de um minuto ou um minuto e meio da penetração.

Afeta uma porcentagem entre 25 e 40%  dos homens e até 70% sofreram ocasionalmente. No entanto, muito poucos ousam falar sobre isso, sem saber que isso pode ser o primeiro passo para resolver o seu problema.

Esse distúrbio comum da fase do orgasmo durante a relação sexual tem tratamento e sua prevenção está intimamente ligada à psicologia do paciente.

Por que isso está acontecendo comigo?

A perda de controle durante a relação sexual pode ser causada por diferentes causas. Existem outros biológicos – não devemos esquecer que a ejaculação precoce é uma alteração na sensibilidade dos receptores cerebrais da serotonina, mas também o estresse , a depressão ou as infecções do trato urinário ou da próstata.

Da mesma forma, homens que não têm relacionamentos com frequência têm maior probabilidade de sofrer com isso, assim como aqueles que consomem grandes quantidades de álcool , tabaco ou usam drogas.

Também não devemos ignorar fatores sociais, como medo de uma possível gravidez, porque eles também desempenham um papel muito importante nesse distúrbio.

Além do fato de não ser um problema sério, as consequências psicológicas que a ejaculação precoce pode causar para aqueles que sofrem com ela e, portanto, para seus parceiros, devem ser levadas em consideração. Encará-los a tempo é a chave e pode impedir a instabilidade emocional que gera e acaba quebrando até os relacionamentos mais consolidados. É por isso que hoje queremos oferecer uma lista de recomendações e truques que podem ajudá-lo a evitá-lo.

1 – Não negligencie sua dieta e seu estilo de vida

Exercitar-se diariamente, levando um estilo de vida equilibrado e cuidar da comida desempenham um papel essencial. Fuja de gorduras saturadas e torne-se um fã de melancia, rica em uma substância conhecida como citrulina, que relaxa e dilata os vasos sanguíneos. O alho também ajudará seu pênis a receber mais fluxo sanguíneo, assim como a romã, que pode melhorar a qualidade da ereção em até 32%.

Vale a pena investir em produtos naturais também, são ótimos e não tem efeitos colaterais, o Sperm Control funciona melhor até que o famoso azulzinho, pois além de ajudar na ereção ajuda no controle da ejaculação.

Além disso se instantes antes da relação você usar ervas medicinais como Epimedium, erva-mate, salsaparrilha ou camomila, isto ajuda bem.

2 – Respiração e relaxamento

Existem diferentes exercícios que ajudam a controlar a ejaculação precoce: respiração, músculo, estimulação de casais e masturbação. Mas vamos começar do começo.

A mera idéia de fazer sexo pode deixar o homem nervoso e começar a respirar bruscamente. Infelizmente, esse é o prelúdio da ejaculação precoce em uma alta porcentagem de casos. A respiração adequada durante a relação sexual é essencial ; portanto, respire fundo e faça 10 respirações lentas e profundas antes de começar. Respire fundo pelo nariz e expire pela boca ritmicamente.

Você também pode tentar exercícios de Kegel , ou exercícios projetados para fortalecer os músculos pélvicos. Eles consistem na contração e relaxamento desses músculos em intervalos de cinco segundos e sucessivamente e os especialistas recomendam realizá-los pelo menos 30 vezes por dia, sem exceder 100 repetições. Com eles, você aprenderá a controlar os músculos que influenciam e controlam a ejaculação.

Mas se há algo fundamental, é relaxar. Remova pensamentos negativos . Convença-se de que nada deve dar errado, você sabe onde está o erro e possui as ferramentas necessárias para controlá-lo. Você conhece a resposta do seu corpo à excitação, então deixe-se levar e divirta-se.

3 – Durante a relação sexual

Você está pronto para começar, mas primeiro uma pequena dica: vá ao banheiro para urinar antes de fazer sexo . Dessa forma, você poderá liberar a pressão sobre os órgãos genitais, o que favorecerá uma maior duração na cama.

Uma vez no ato, você pode colocar em prática um último exercício. Embora possa ser feito sozinho, é preferível fazê-lo em casal para criar um vínculo positivo. É conhecido como ‘start-stop’ e é basicamente uma técnica de masturbação que consiste em parar quando você sente que vai ejacular e deixar passar o momento de máxima excitação antes de retomar a massagem no pênis. Para que tenha efeito e o corpo se adapte a esse novo ritmo, você deve praticá-lo pelo menos duas vezes por semana.

Pratique jogos preliminares antes da relação sexual , não se apresse. E, acima de tudo, tente posições diferentes porque elas influenciam muito o ritmo e o nível de excitação masculina. Mudar dos que o aceleram mais para os mais manejáveis ​​pode ajudar a prolongar a ereção e retardar a ejaculação.

4 – Não sofra em silêncio

Fale francamente e sem esconder o que sente. Manter suas dúvidas e sentimentos por você só piorará a situação. Não fique obcecado, muito menos culpe o outro. Compreensão e diálogo são fundamentais , peça ajuda a sua companheira. Você nunca tem que culpar o homem pelo que está acontecendo com ele e, antes de tudo, você precisa tentar remediar como casal. Com boa vontade da parte de ambos, o problema não precisa continuar acontecendo.

Caso contrário, você sempre terá a ajuda de profissionais que podem recomendar um tratamento médico mais específico para o seu caso específico.

Dicas para emagrecer definitivamente

O que não faltam são dietas da moda para quem quer emagrecer de forma rápida, deixando de comer quase tudo e colocando a saúde em risco.

No entanto, quem deseja emagrecer de uma forma rápida e definitiva, deve adotar mudanças que possam ser levadas para a vida, de modo que seja possível manter a perda de peso de uma forma natural e tranquila.

O fato é que quando o assunto é emagrecimento, logo vem uma grande variedade de ideias à mente, com dietas verdadeiramente mirabolantes ou promessas impossíveis que a televisão mostra, embora existam alguns produtos muito bons que funcionam, principalmente os suplementos naturais, o bodyfit caps funciona mesmo e é um dos poucos que vale a pena usar!

A verdade, no entanto, é que com algumas dicas simples você vai conseguir emagrecer de uma forma definitiva e duradoura, veja só:

  1. Evite as guloseimas

De nada adianta você fazer uma dieta super-radical e depois voltar a se alimentar como antes. Então, nada melhor do que ir mudando seus hábitos desde já e ir tirando da rotina o hábito de consumir guloseimas, tais como chocolate, balinhas, salgadinhos, biscoitos e outros.

Não quer dizer que você não pode comer nada disso nunca mais, mas sim que deve fazer com moderação de forma que não atrapalhe seu objetivo de emagrecimento

Lembre-se que esses alimentos possuem uma grande quantidade de sal, açúcares, gordura e calorias vazias.

  1. Não aposte todas as fichas em alimentos light/diet

Esses alimentos até podem contar uma menor quantidade de açúcar ou gorduras, mas algumas vezes, as calorias são as mesmas.

Por isso, é importante consumir com moderação até mesmo esse tipo de alimento.

  1. Verduras e frutas são sempre a melhor opção

Se a ideia é perder peso, o organismo deve estar funcionando de maneira adequada. Por isso, nada melhor do que apostar no consumo de frutas e verdura na sua alimentação.

Esse alimentos possuem uma grande quantidade de vitaminas, fibras e minerais que contribuem para o emagrecimento saudável, além de aumentar a saciedade e diminuir a vontade de comer doce.

  1. Evite as frituras

Evitar frituras é algo que você obviamente já deve saber que tem que evitar para emagrecer! Com isso, você pode livrar o seu organismo de muita gordura e de uma grande quantidade de calorias extras.

Para isso, substitua os alimentos fritos por opções grelhadas ou cozidas, que são bem mais nutritivas e saudáveis.

  1. Sempre escolha a opção mais natural

A máxima de optar por mais cascas e menos embalagens é muito válida para o emagrecimento. Sendo assim, prefira sucos naturais, faça lanches com frutas ou castanhas, almoce com uma boa variedade de vegetais e sempre que possível, escolha a opção mais natural!

Dicas para acabar com dor no corpo

É engraçado como só damos valor as coisas simples da vida, quando acontece a perda, com a saúde é a mesma coisa. Quem nunca ficou gripado e pensou como era bom estar com a saúde 100% mesmo que outros aspectos do dia a dia estivessem ruim? Isto é algo muito normal e acontece com todo mundo.

Quando somos jovens, temos saúde de ferro, ânimo e disposição para quase tudo, mas ao mesmo tempo, cultivamos o péssimo hábito de reclamar por qualquer coisa, por não ter o que fazer, por não poder fazer isto ou aquilo, etc. Mas quando a velhice chega, quase todos lembram como era bom ser jovem, apenas pelo fato de poder acordar todos os dias sem dores ou indisposição.

O tempo é implacável e conforme ele passa nosso corpo vai envelhecendo e as dores começam a surgir, dor nas costas, dor nos joelhos, dor nas juntas e até mesmo nos ossos, mas não é porque isto acaba acontecendo mesmo, que você tem que se conformar e aprender a conviver com as dores, é possível praticamente eliminá-las de sua vida, para isto basta fazer algumas coisas simples, confira as dicas:

1 – Se Hidrate bem todos os dias

Tomar bastante água todos os dias, ajuda a deixar nosso corpo mais saudável e menos rígido, menos rigidez significa menos dores.

2 – Faça alongamentos

Se alongar diariamente, logo cedo e também antes de dormir, vai contribuir para manter seus tendões e musculatura em dia, com isto  atrofiamento e encurtamento não terão lugar, é uma ótima forma de prevenir dores e até de eliminar alguma dor que você esteja sentindo.

3 – Tome Vitaminas e Suplementos

Tomar vitaminas para repor elementos importantes para saúde é fundamental, tome cápsulas de Vitamina D, Vitamina C, Vitamina K e outras, use também suplementos que ajudam acabar com as dores, o Natud2 é muito bom.

4 – Evite ficar deitado ou sentado muito tempo

Eu sei que o cansaço, indisposição e preguiça podem fazer você querer ficar assistindo tv o dia inteiro ou ficar na frente do computador na Internet o tempo inteiro, mas isto não é saudável e pode contribuir para atrofiar sua musculatura e tendões, além de dar mau jeito nas costas, embolar nervos, etc…

Então tente não ficar muito tempo parado, aproveite o seu dia da melhor forma possível, fazendo uma caminhada sempre que possível ou até mesmo encarando algum esporte mais leve.

5 – Troque seu travesseiro

Se você tem acordado com dor no pescoço com frequência, provavelmente é culpa do seu travesseiro. Troque seu travesseiro por um novo e faça isto sempre que voltar a ter dores novamente.

Ansiedade de desempenho é causa da impotência sexual

Existe uma crença popular que gera uma grande pressão nos homens, que é a de que eles devem estar sempre interessados e prontos quando o assunto é sexo.

Antes de tudo é importante lembrar que homens são humanos e que, assim como as mulheres não estão a fim às vezes, os homens também podem não estar.

O fato é que a impotência pode acontecer por uma grande variedade de motivos, mas um dos principais motivos para ela é justamente a ansiedade de desempenho.

Ansiedade de desempenho e impotência sexual

A ansiedade de desempenho, atualmente, é uma das principais causas da impotência sexual masculina. Ela é um problema psicológico, constatado quando o homem não apresenta nenhum tipo de problema físico que possa impossibilitar a obtenção de uma ereção.

A ansiedade é um processo que deixa o homem tenso, preocupado e nervoso e tudo isso altera os seus níveis de estresse, levando à liberação de hormônios, como a adrenalina, que impedem que a ereção ocorra de forma satisfatória.

Pode acontecer que o homem ficar ansioso pelo seu desempenho, ocorrer a liberação desses hormônios e não conseguir ter uma ereção. Na próxima vez o problema se intensifica, visto que já há o medo pela falha anterior e isso se torna um ciclo.

Por outro lado, a falha na ereção pode acontecer também porque a pessoa simplesmente não consegue manter a concentração na relação sexual. Então, ela fica se preocupando com seu desempenho, se está agradando a parceira, se está se saindo bem, se vai conseguir proporcionar prazer e acaba perdendo todo o estímulo sexual, que é fundamental para uma ereção.

Mais do que isso, o problema ainda pode estar relacionado com um quadro de ejaculação precoce, que leva o homem a já iniciar o contato íntimo com medo e ansiedade, neste caso, alguns suplementos naturais como o Tittanus podem ajudar a resolver a questão. Seus músculos ficam mais tensos, incluindo a musculatura do pênis, que não relaxa o suficiente para receber a quantidade de sangue necessária para uma ereção, sem falar que ainda pode fazer o homem perder o controle sobre a ejaculação, ejaculando cedo demais.

Possíveis caudas da ansiedade de desempenho:

  • Baixa autoestima
  • Inexperiência
  • Medo de falhar
  • Pressão externa (cultura machista ou amigos)

O mais importante nesses casos é procurar por um médico, conversar sobre o problema e determinar a melhor forma de tratamento para cada caso individualmente.

Melhores Alternativas Para Ter Ereções Firmes

Muitos homens procuram ajuda médica para lidar com problemas de impotência sexual; O mercado de drogas para a disfunção erétil (ED) também oferece inúmeras alternativas 100% naturais, incluindo o Libid Gel, porém muitas pessoas ainda tem dúvidas e pesquisa sobre libid gel onde comprar, em uma outra postagem irei explicar melhor sobre o libid gel. Neste artigo, gostaríamos de fornecer uma visão geral e explicar o efeito de alternativas individuais ao Viagra.

Alternativas ao Viagra para alcançar ereções poderosas

Abaixo, oferecemos uma lista dos melhores medicamentos alternativos para tratar com disfunção erétil. É importante notar que NÃO recomendamos a automedicação, é melhor ir primeiro a um especialista para realizar um exame e prescrever o tratamento mais recomendado no seu caso.

Cialis

O medicamento contém como ingrediente ativo o Tadalafil que, como o Viagra, pertence ao grupo dos inibidores da fosfodiesterase tipo 5 e é prescrito para a disfunção erétil. Cialis relaxa os vasos sanguíneos para que o sangue possa fluir mais livremente no pênis.

Seu efeito pode durar até 36 horas, durante as quais um homem pode ter várias ereções. Cialis só pode ser tomado após consulta médica e só está disponível mediante receita médica. Cialis é fabricado pela empresa farmacêutica Eli Lilly and Company.

Levitra

A droga contém o ingrediente ativo que é Vardenafil, e é a terceira melhor pílula de potência vendida além do Viagra e Cialis. O Levitra entra em vigor após cerca de 30 minutos e dura aproximadamente 4 horas.

A droga estimula a circulação, o que facilita o fluxo de sangue no pênis. O Levitra é fabricado pela empresa farmacêutica Bayer. Como o Viagra e o Cialis, o Levitra deve ser prescrito por um médico.

Sildenafil

Viagra foi originalmente fabricado pela empresa farmacêutica Pfizer. Desde que a proteção à patente expirou, várias empresas como a Stada, a Hexal e a Ratiopharm começaram a oferecer o Sildenafil como um genérico mais barato. A droga age dentro de 30 minutos e dura aproximadamente 4 horas. Para poder comprar um Sildenafil genérico, também é necessária uma receita médica.

Terapias alternativas ao Viagra para lidar com problemas de ereção

Além das drogas, há uma série de terapias alternativas ao Viagra que podem ser consideradas para abordar e superar os problemas da disfunção erétil, aqui citamos algumas dessas alternativas.

Injeções Penianas

A injeção no corpo cavernoso são uma outra alternativa ao Viagra. Um medicamento é injetado no corpo cavernoso do pênis usando uma seringa, o que leva a uma ereção. O paciente se auto-injeta sob a observação de um urologista. Ao longo de várias consultas, a dose é ajustada até que a ereção resultante seja satisfatória.

Depois disso, o paciente pode ser injetado em casa. Este método, no entanto, pode causar efeitos colaterais; Em alguns casos, você pode ter uma ereção prolongada que precisa ser eliminada por um urologista se durar mais de quatro horas.

Terapia Psicossexual

Disfunção erétil e problemas psicológicos, muitas vezes andam de mãos dadas. Problemas psicológicos podem causar falta de confiança ou interesse sexual, o que, por sua vez, leva a problemas de ereção. Independentemente do seu estado mental, a psicoterapia é incrivelmente útil para entender algumas das razões pelas quais você está tendo dificuldade em manter ou alcançar uma ereção e deve ser considerado.

O terapeuta pode ajudar com uma série de discussões, exercícios e também pode envolver seu parceiro (se você quiser entender melhor os problemas subjacentes ou dificuldades relacionadas ao sexo).

Stents de Uretra

Os stents de uretra são uma forma de tratamento durante a qual um tubo de plástico ou metal é usado para alargar a uretra estreita e inserir um gel diretamente nela. Como resultado, o músculo relaxa as artérias do pênis e resolve a disfunção erétil. O método é muito eficaz, no entanto, 30 por cento dos homens podem sofrer dor severa após o tratamento.

Prótese Peniana

Se os problemas de ereção não puderem ser tratados com medicação, uma prótese peniana pode ser o último recurso. Durante uma operação, os corpos cavernosos do pênis são removidos e substituídos por uma prótese de silicone hidráulica.

Uma prótese peniana consiste em uma bomba, dois cilindros e um recipiente de líquido. Se a bomba for pressionada várias vezes, o fluido flui do reservatório para o cilindro e ocorre uma ereção. Para parar a montagem, a bomba é pressionada continuamente, para que o líquido volte para o recipiente.

Se não houver defeitos técnicos ou inflamação, uma prótese peniana pode permanecer no corpo por toda a vida. No entanto, se o corpo rejeitar a prótese, ela deve ser removida.

Fonte: Saúde e bem estar funplace

Passo a passo do processo de importação

É muito comum ter dúvidas a respeito do processo de importação, afinal, são muitas regras, leis e normas que regulamentam essa prática.

Além disso, para que a importação o seja vantajosa, é preciso estar atento os detalhes do processo, a fim de evitar erros e problemas.

O fato é que a importação através do site banggood pode ser uma prática muito vantajosa e até se tornar uma fonte de renda extra ou principal para quem deseja trabalhar na área, que oferece um grande potencial.

Então, para saber um pouco mais sobre esse assunto, continue lendo e vamos conhecer os passos para o processo de importação. Veja:

  1. Pesquise produtos permitidos

Talvez você não saiba, mas alguns produtos não podem ser importados e outros possuem regras mais específicas, com necessidade de licenciamento e autorizações.

No site do SISCOMEX é possível conferir a lista completa do que pode ser trazido de fora para o nosso país.

  1. Conheça os fornecedores

Uma grande parte do seu sucesso na área de importação depende de contar com bons fornecedores. Para quem está começando, a dica é pedir indicações de quem já trabalha na área.

No entanto, é um processo que exige paciência, mas com o tempo é possível montar uma boa lista de fornecedores confiáveis.

  1. Obtenha a licença para importação

Para alguns tipos de produto é preciso conseguir uma LI (Licença de Importação), lembrando que ela está sujeita à aprovação pelos órgãos competentes.

Depois que esse registro for solicitado, você já pode solicitar o produto que deseja e proceder com o processo de importação do mesmo.

  1. Não esqueça o seguro

O processo de importação tende a ser seguro, mas como em qualquer compra, há sempre um risco envolvido.

Sendo assim, nada melhor do que contratar algum tipo de seguro para transporte internacional de mercadorias. Assim a sua compra estará protegida contra sinistros, perdas e avarias durante o trajeto.

  1. Processo aduaneiro

Quando a mercadoria chega ao Brasil, é preciso realizar os procedimentos para sua liberação junto à Receita Federal. Lá será feita a verificação da documentação e também o pagamento dos devidos tributos.

Vale lembrar que alguns impostos são nacionais, enquanto outros podem apresentar variações de acordo com cada estado.

O fato é que a importação é um processo que pode ser altamente lucrativo, desde que seja feito da forma correta.

Para saber mais sobre esse assunto, assista o vídeo abaixo:

Dicas e Cuidados Com a Pele do Rosto

O objetivo de qualquer rotina de cuidados com a pele do rosto é ajustar sua aparência para que ela funcione da melhor forma possível e também solucionar problemas ou segmentar qualquer área na qual você queira trabalhar. “As rotinas de beleza são uma oportunidade para perceber as mudanças dentro de você”, diz a especialista em cuidados com a pele e dona do curso peeling rose de mer que é um curso profissionalizante de peeling.

Como sua pele precisa mudar com a idade, seus produtos também. Ainda assim, ela acrescenta, “não se trata de criar perfeição”. Permita que esses três passos se tornem seu ritual diário que fortalece sua pele e fundamenta seu dia.

DÊ-LHE TEMPO

A ciência por trás dos produtos de cuidados com a pele já percorreu um longo caminho, mas ainda não existe uma solução instantânea – você precisa de tempo para colher os benefícios, diz a Dra. Rachel Nazarian, dermatologista de Manhattan do Schweiger Dermatology Group. “Os resultados são vistos apenas através do uso consistente”, explica ela. Geralmente, procure usar um produto por pelo menos seis semanas, uma ou duas vezes ao dia, para notar a diferença.

Dica: Com qualquer produto de cuidado da pele, aplique por ordem de consistência – do mais fino ao mais grosso. Por exemplo, limpador, toner (se você usá-lo), soro e hidratante.

Limpeza

Lavar o rosto é o passo mais básico e essencial de qualquer rotina, diz o dermatologista de Nova York Dr. Carlos Charles. “Nossa pele entra em contato com poluentes ambientais, sujeira e outros fatores a cada dia que devem ser removidos com cuidado.” Lavar duas vezes por dia, de manhã e à noite, para evitar poros entupidos, embotamento e acne.

ENCONTRE O SEU LIMPADOR FACIAL

A fórmula certa limpa a pele sem descascar óleos essenciais e saudáveis. Acalme-se com esfoliantes (use uma vez por semana) e evite aqueles com cascas de nozes esmagadas ou ingredientes abrasivos.

Para limpeza diária, aqui está o que procurar:

O QUE SIGNIFICA NÃO-COMEDOGÊNICO EXATAMENTE?

Esse termo aparece com frequência nos rótulos dos produtos e é usado por especialistas em cuidados com a pele, mas nem sempre definido em linguagem simples e clara. Aqui está uma explicação rápida: se um produto afirma ser não-comedogênico, significa que ele não deve obstruir os poros ou desencadear acne – seja por oclusão da pele, bloqueio de glândulas ou irritação do folículo piloso.

A alegação não é regulada pela FDA, no entanto, e muitas empresas fazem seus próprios testes internos para determinar se um produto deve ser considerado comedogênico ou não. (Alguns ingredientes comedogênicos conhecidos comuns são o óleo de coco e a manteiga de cacau.) Normalmente, quanto menos ingredientes um produto tiver, mais fácil será determinar se causará qualquer reação.

Como hidratar o cabelo

Dizem que os cabelos são a moldura do rosto. Talvez por isso haja tanta preocupação com eles, principalmente pelas mulheres, mas atualmente os homens estão percebendo que eles podem e devem cuidar da aparência.

Nos dias de hoje, é bem raro quem não usa alguma química como coloração, alisamento, luzes, escova progressiva. Até mesmo uma simples chapinha ou secador podem prejudicar a saúde e a beleza dos seus cabelos.

O indicado é que para restabelecer a saúde, o brilho a vivacidade dos seus cabelos você faça uma boa hidratação. O mercado de cosméticos oferece uma enorme variedade de produtos nesta área, existem também produtos naturais para cabelo que fazem muito sucesso como o Hairloss Blocker, mais voltado para o público masculino, mas existem diversos pros cabelos femininos também.

Enfim, está cada dia mais fácil de fazer uma hidratação na sua casa….

Vamos dar algumas dicas de como hidratar seu cabelo em casa:

  • Escolha da hidratação

É muito importante escolher o creme ou a máscara que vai usar corretamente de acordo com seu tipo específico de cabelo. Antes de adquirir um produto, leia os rótulos com atenção, ou procure uma loja especializada para que você seja orientada e adquirir o produto correto.

  • Cabelos Limpos

Antes de aplicar a hidratação deixe seus cabelos limpos. Para que os fios absorvam melhor o produto eles devem estar livres de sujeiras, impurezas e oleosidade. Na lavagem que antecede a hidratação use apenas shampoo, o condicionador vai impedir que os fios absorvem bem a hidratação.

  • Cabelos úmidos

Aplique a hidratação com os cabelos ainda úmidos, não molhados. Depois de lavar os cabelos retire bem a água com uma toalha, e deixe-os apenas úmido. Desembaraçar o cabelo.

Desembarace os cabelos usando pente de dentes largos. Cabelos penteados garantem que a aplicação seja mais uniforme.

  • Aplicação

Aplique mecha por mecha para ter certeza que todo cabelo vai receber a máscara hidratante. Comece pela nuca e vá até a franja. Atenção para um detalhe, se você tem cabelos oleoso, não aplique na raiz.

  • Quantidade correta

Antes de iniciar o processo verifique se você tem a máscara em quantidade suficiente para todo o cabelo. Não é preciso exagerar na quantidade do produto. O importante é aplicar corretamente em todos os fios.

  • Tempo

É importante observar o tempo indicado pelo fabricante. Atualmente existem muitos produtos e cada um tem sua indicação que deve ser respeitada pra obter um resultado satisfatório.

  • Enxague

Algumas pessoas acreditam que deixar um pouco do creme da hidratação o enxague faz bem aos cabelos. Na verdade, a recomendação é enxaguar o cabelo, até retirar todo o produto.

Para saber mais sobre hidratação capilar veja estas outras dicas:

Como cuidar de cabelos com química?

Os cabelos oferecem uma infinidade de possibilidades para demonstrar nossa personalidade, com cortes, colorações, alterações de textura. Cabelos lisos, cacheados, coloridos, platinados, azuis e muito mais.

Todas essas possibilidades são incríveis, mas independentemente do procedimento químico escolhido para mudar a aparência do cabelo, é importante que você saiba que seus cabelos sofrerão danos e precisarão de cuidados especiais. Por isso, preparamos uma lista com algumas dicas para você…

Veja algumas dicas de como cuidar de cabelos com química

  • Escolha produtos apropriados: os xampus, condicionadores e máscaras de tratamento especiais para cabelos quimicamente tratados possuem substâncias apropriadas para recuperar os fios. Procure nos rótulos indicações de nutrientes e reconstrutores nas fórmulas. Para disfarçar falhas prefira produtos como a maquiagem de cabelo make hair, pois não agridem os fios ao redor.
  • Lave sempre o cabelo com água fria ou morna: a temperatura da água é um dos fatores primordiais na saúde dos fios. Quanto mais fria ela for, melhor. Evite ao máximo águas muito quentes, pois elas retiram toda a proteção natural dos fios. Que já estão danificados por conta da química.
  • Mantenha seu cabelo hidratado: se a realização da química foi recente, o mais indicado é que você realize um cronograma capilar, um tratamento que dura quatro semanas onde aplicações de máscaras para hidratação, nutrição e reconstrução são feitas três vezes na semana.
  • Nunca durma com os cabelos molhados: além desse hábito modificar a estrutura dos fios, enfraquecendo o cabelo, abafar a raiz ainda molhada pode aumentar a incidência de queda do cabelo.
  • Proteja seu cabelo do sol e calor: sempre que for usar a prancha ou modelador de cachos, passe um protetor térmico nos fios. Isso ajuda a evitar os danos excessivos causados por esse tipo de utensílio. É importante também proteger o cabelo dos raios do sol, que penetram nos fios, retirando todos os nutrientes e a água de dentro deles.

Esses são alguns dos cuidados diários necessários para quem tem cabelos quimicamente tratados. Se quiser conhecer mais algumas dicas, vale a pena assistir este vídeo:

É importante frisar que, além de saber como cuidar de cabelos com química, você sempre procure realizar os procedimentos com profissionais especializados.

Apenas um profissional da área saberá dizer que tipo de química seu cabelo aguenta e como ela deve ser usada. Arriscar realizar um desses procedimentos em casa, sem um conhecimento adequado pode promover um corte químico, a queda dos fios e até mesmo queimaduras no couro cabeludo.